CO-INFECÇÃO POR ENTEROPARASITOS EM PACIENTE HIV+/AIDS NA ERA DA TERAPIA ANTIRETROVIRAL ALTAMENTE ATIVA (HAART): RELATO DE CASO

Code: 220107195
Downloads
9
Views
23
Compartilhe
Título

CO-INFECÇÃO POR ENTEROPARASITOS EM PACIENTE HIV+/AIDS NA ERA DA TERAPIA ANTIRETROVIRAL ALTAMENTE ATIVA (HAART): RELATO DE CASO

Autores(as):
  • Natane Barbosa Barcelos

  • Lorena de Freitas Silva

  • Rosângela Maria Rodrigues

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220107195
    Publicado em

    31/03/2022

    Páginas

    65-73

    Capítulo

    6

    Resumo

    As parasitoses intestinais são importantes agentes etiológicos associados à quadros diarreicos em pacientes imunodeprimidos, em decorrência da depleção de linfócitos TCD4+. Nestes individuais a infecção pode-se desenvolver de forma intensa, com quadros diarreicos altamente espoliativos, podendo levar à rápida desidratação, perda de peso acentuada e até má absorção intestinal dos nutrientes. O objetivo deste estudo foi o de relatar um caso de um paciente soropositivo para o vírus HIV em uso da HAART, com histórico de diarreia há 6 meses que faz atendimento no Sistema de Atendimento Especializado (SAE) no município de Jataí, Goiás. Indivíduo do sexo feminino, 56 anos, etilista crônica, em situação de vulnerabilidade social, apresentava diarreia aquosa, com presença de muco, de caráter intermitente. Foram colhidas três amostras de fezes em dias alternados e enviadas ao Laboratório de Parasitologia da Universidade Federal de Goiás- Regional Jataí para análise no qual foram realizadas as técnicas de Lutz, Rugai, Ritchie, Cultura em Placa de ágar e Ziehl Neelsen. Foi identificado co-infecção por Cryptosporidium sp. e Entamoeba histolytica/ E. díspar, além dos comensais Endolimax nana e Entamoeba hartmanni. O alto número de espécies parasitárias observadas neste caso alerta sobre a necessidade de melhorar a investigação da etiologia das diarreias, uma vez que pode provocar complicações e agravar o quadro clínico de pacientes imunodeprimidos e alerta sobre a necessidade de melhorar a compreensão sobre a adesão da HAART e possíveis resistências antimicrobianas.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Criptosporidiose, Amebíase Intestinal, Ziehl-Neelsen.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar