BIOLOGIA PESQUEIRA DA TILÁPIA-DO-NILO OREOCHROMIS NILOTICUS NO RESERVATÓRIO DE BARIRI, (MÉDIO TIETÊ, SP) – BRASIL

Code: 201101992
34
9
Título

BIOLOGIA PESQUEIRA DA TILÁPIA-DO-NILO OREOCHROMIS NILOTICUS NO RESERVATÓRIO DE BARIRI, (MÉDIO TIETÊ, SP) – BRASIL

Autores(as):
  • Eloisa Rosa Monteiro

    Monteiro, Eloisa Rosa

  • Paula Maria Gênova Castro

    Castro, Paula Maria Gênova

  • Maria Helena Carvalho Silva

    Silva, Maria Helena Carvalho

  • Lídia Sumile Maruyama

    Maruyama, Lídia Sumile

DOI
10.37885/201101992
Publicado em

28/12/2020

Páginas

142-152

Capítulo

10

Resumo

O estudo da biologia pesqueira da tilápia-do-Nilo foi realizada através de dados reprodutivos, com análises macroscópicas das gônadas e de idade e crescimento, através da leitura dos anéis de crescimento em otólitos sagittae. As amostras foram obtidas da pesca artesanal, entre Julho de 2002 e Junho de 2003. Foram amostrados 645 indivíduos de tilápia-do-Nilo, compostos por 496 machos (76,9%), 127 fêmeas (19,7%) e 22 indivíduos cujo sexo não foi determinado (3,4%). A amplitude de comprimento total (Ct) da espécie foi de 8,0 cm e 38,0 cm. Houve predomínio dos machos sobre as fêmeas (2> 3,84) para o período total e mensal. O comprimento de primeira maturação alcançado foi de L50% = 13,0 cm, sendo que as fêmeas iniciaram sua maturação mais cedo (L50% = 12,0 cm) que os machos (L50% = 14,5 cm). Na leitura dos otólitos, os anéis formaram-se anualmente na primavera-verão, entretanto os machos apresentaram até 5 anéis e as fêmeas até 4 anéis. A espécie apresentou crescimento alométrico negativo (b<3,0), sugerindo maior incremento em comprimento do que em peso para a população da espécie em Bariri. O teste t apontou diferenças significativas entre o crescimento de machos e fêmeas. O fator de condição foi baixo em relação aos valores obtidos para a mesma espécie em Guarapiranga, sugerindo menor disponibilidade de alimento para tilápia no reservatório de Bariri, comparado àquelas encontradas nas represas situadas no alto Tietê com grande carga de eutrofização em suas águas.

Palavras-chave

Estrutura populacional; Espécie exótica, Reprodução, Idade e Crescimento.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.