BEM-ESTAR ANIMAL EM GALINHAS POEDEIRAS

Code: 210203111
84
26
Título

BEM-ESTAR ANIMAL EM GALINHAS POEDEIRAS

Autores(as):
  • Camila Lopes Carvalho

    Carvalho, Camila Lopes

  • Ines Andretta

    Andretta, Ines

  • Nathalia de Oliveira Telesca Camargo

    Camargo, Nathalia de Oliveira Telesca

  • Raquel Melchior

    Melchior, Raquel

  • Susana Cardoso

    Cardoso, Susana

DOI
10.37885/210203111
Publicado em

02/04/2021

Páginas

68-88

Capítulo

5

Resumo

A produção animal vem se modificando ao longo dos anos e se adaptando às novas realidades e demandas do mercado consumidor. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o número de matrizes de postura alojadas é de 1.353.096 cabeças e a produção de ovos foi de 49.055.709.215 unidades em 2019, sendo que o destino principal (99,59%) desta produção é o mercado interno. A produção comercial de ovos, em sua maioria, utiliza o sistema de criação em gaiolas, devido a um maior controle, tanto sanitário quanto de um manejo facilitado na produção de ovos. Porém, devido a alta demanda por parte dos consumidores para receber um produto final de qualidade, baixo custo e sem ser prejudicial as aves, a indústria precisa se adaptar para fornecer aos animais um ambiente de criação sem estresse, possibilitando às aves expressarem seu comportamento natural, favorecendo a obtenção de um melhor desempenho zootécnico. Devido a esta crescente preocupação dos consumidores, este capítulo visa fazer uma revisão acerca desde assunto e considerar os aspectos de produção de galinhas poedeiras aliado ao bem-estar animal

Palavras-chave

Avicultura; Bem-estar animal; Matrizes de postura; Ovos; Sistemas de produção.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.