AVALIAÇÃO DA CONDUTA DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS SOB UMA PERSPECTIVA DE SEGURANÇA ALIMENTAR EM UM SUPERMERCADO

Code: 211006446
Downloads
35
Views
26
Compartilhe
Título

AVALIAÇÃO DA CONDUTA DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS SOB UMA PERSPECTIVA DE SEGURANÇA ALIMENTAR EM UM SUPERMERCADO

Autores(as):
  • Moises Iasley Lima Vasconcelos

  • Francisca Karoline da Costa Silva

  • José Milton Cordeiro Costa Júnior

  • Douglas Rodrigues Holanda

  • Fernando Paulino da Silva

  • Victor Barroso Bezerra

  • Lorena Silva Lima

  • Carolina Drummond Barboza

  • Mayumi Silveira Regadas Carvalho

  • João Emanuel Dias Tavares

DOI
  • DOI
  • 10.37885/211006446
    Publicado em

    26/02/2022

    Páginas

    24-31

    Capítulo

    2

    Resumo

    RESUMO: Introdução: A unidade de alimentação e nutrição (UAN) é o setor onde ocorre a produção dos alimentos. Os manipuladores são os profissionais capacitados para realizar toda a manipulação dos alimentos presentes na UAN, é importante frisar que deles depende diretamente a segurança dos alimentos ofertados e a redução dos riscos de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA). Objetivo: avaliar a conduta pessoal e de boas práticas de manipulação dos manipuladores de alimentos visando a segurança alimentar de um supermercado. Metodologia: A presente pesquisa é de caráter quantitativa, descritiva, transversal e observacional e foi desenvolvida no período de julho a setembro de 2021, em uma UAN de um supermercado em Fortaleza - CE. O instrumento utilizado foi retirado do artigo da Pittelkow (2014). Ao todo, o checklist possui 33 perguntas referentes a higiene e manipulação. Resultado e discussões: O supermercado possui um perfil de 63,975% de conformidade e 36,02% de não conformidade, dentre todos os setores, o setor das carnes foi o que obteve maior percentual de conformidade (71,87%). Os itens correspondentes a lavagem das mãos foram um ponto crítico, assim como na pesquisa de Pittelkow (2014). Conclusão: Apesar da capacitação acerca de boas práticas de manipulação, ainda haviam práticas inadequadas, é necessário a elaboração de cursos que abordem a maneira correta de higienização das mãos, com ênfase nos riscos como a contaminação de alimentos, a disseminação de microorganismos e o surgimentos de DTA, visto a necessidade de manter a segurança dos alimentos e promoção da saúde da população atendida.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Seguridade alimentar, Boas práticas, Higiene.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar