AVALIAÇÃO DA ANSIEDADE EM CANDIDATOS À CNH NA CIDADE DE MONTES CLAROS-MG

Code: 221110827
Downloads
12
Views
8
Compartilhe
Título

AVALIAÇÃO DA ANSIEDADE EM CANDIDATOS À CNH NA CIDADE DE MONTES CLAROS-MG

Autores(as):
  • Farley Dos Santos Lopes

  • Jhonathan Henrique Pereira Leite

  • Leonardo Augusto Couto Finelli

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221110827
    Publicado em

    30/11/2022

    Páginas

    64-74

    Capítulo

    4

    Resumo

    O presente estudo investigou a ansiedade em candidatos que prestaram o exame de pratica de direção veicular para obter a CNH na cidade de Montes Claros-MG. Como objetivos específicos, visou-se compreender de que maneira este fator interferiu nos altos índices de reprovação, assim como possibilitou a descrição de características epidemiológicas do grupo investigado. Considerou ainda a reflexão teórica sobre os achados, associando-os aos dados da literatura, buscou relacionar fatores desencadeantes de ansiedade, e assim propor possíveis estratégias de superação dessa. A pesquisa apresentou caráter exploratório, quantitativa, comparativa e de corte transversal, tendo como delineamento estudo de campo. Foi realizada em três dos 30 Centros de Formação de Condutores (CFC), cadastradas junto ao DETRAN-MG, da cidade de Montes Claros – MG, escolhidos por conveniência e que autorizaram a realização da pesquisa. Esses CFCs quanto ao porte, número de veículos para a prática de direção, e consequentemente, quanto ao número de candidatos em curso. O projeto foi aprovado em apreciação ética junto a um Comitê de Ética em Pesquisas – CEP, conforme resolução nº 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Os participantes da pesquisa estavam realizando as aulas práticas de direção veicular, aceitaram participar da pesquisa de forma voluntária. Participaram da pesquisa 58 voluntários à CNH, de ambos os sexos com idade acima dos 18 anos (M = 25,24, DP = 7,85 anos). O respondente mais jovem estava com 18 anos, e o mais velho 53 anos (moda = 21). Quanto ao item ansiedade, a maioria dos participantes não apresentou indícios de ansiedade (43,10%), seguido de participantes que indicaram a possibilidade de estarem ansiosos (34,48%) e um pequeno grupo com grandes chances de estarem ansiosos (22,42%). Tal aferição é importante em função da carência de dados da literatura científica sobre o tema, e em especial para a região do Norte de Minas que não dispõe de estudos prévios neste contexto.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Ansiedade, Ansiedade de produção, Ansiedade em avaliações, Carteira Nacional de Habilitação, Escala HAD.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar