AUTISMO, EDUCAÇÃO E AFETIVIDADE: UM DIÁLOGO A PARTIR DAS CONTRIBUIÇÕES DE LEV VIGOTSKI, HENRI WALLON E JOHN BOWLBY

Code: 211206920
Downloads
68
Views
49
Compartilhe
Título

AUTISMO, EDUCAÇÃO E AFETIVIDADE: UM DIÁLOGO A PARTIR DAS CONTRIBUIÇÕES DE LEV VIGOTSKI, HENRI WALLON E JOHN BOWLBY

Autor(a):
  • Vanessa Nicolau Freitas dos Santos

DOI
  • DOI
  • 10.37885/211206920
    Publicado em

    01/05/2022

    Páginas

    80-92

    Capítulo

    6

    Resumo

    O presente trabalho tem o objetivo de discutir as principais contribuições da Psicologia Histórico Cultural de Lev S. Vigotski, da Psicogênese da Pessoa Completa de Henri Wallon e dos pressupostos da Teoria do Apego de John Bowlby para a compreensão sobre o desenvolvimento atípico, nomeadamente, da criança que apresenta o Transtorno do Espectro Autista (TEA). Para este momento de reflexão sobre estas perspectivas teóricas, é proposto analisar brevemente, o desenvolvimento e o processo de escolarização destes sujeitos em instituições escolares de caráter formal, considerando a criança dentro do espectro autista como parâmetro de si mesma para desenvolver-se. Também leva-se em conta os marcos legais que mobilizam os direitos da pessoa com deficiência à inclusão escolar e social. Foi realizado uma compilação dos textos estudados para obter maiores informações e compreensão da concepção de sujeito adotada no presente texto, as mudanças na própria estrutura educacional e social, bem como o entendimento de que a criança com TEA é sujeito de direitos. Assim, percebemos que analisar os pressupostos da Teoria do Apego de John Bowlby, as contribuições da Psicologia Histórico-Cultural fundamentada no método do materialismo histórico e dialético encontrado em Lev S. Vigotski e em Henri Wallon, possibilita o desenvolvimento do homem unilateral, daquele que teve o seu desenvolvimento dificultado em razão da deficiência de ordem intelectual, motora, visual ou auditiva. Conclui-se ressaltando a importância de a instituição escolar proporcionar em todos os níveis de ensino que se adiante ao desenvolvimento da criança com deficiência e possibilite um currículo acessível com práticas pedagógicas que contemplem e estimulem o desenvolvimento e a aprendizagem da criança com TEA.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Educação inclusiva, Autismo, Aprendizagem e afetividade.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar