ATENDIMENTO DE VÍTIMAS DE ACIDENTES AUTOMOBILÍSTICOS POR SERVIÇOS MÓVEIS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Code: 221010455
29
0
Título

ATENDIMENTO DE VÍTIMAS DE ACIDENTES AUTOMOBILÍSTICOS POR SERVIÇOS MÓVEIS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Autores(as):
  • Kelly Maria Murbach

    Kelly Maria Murbach

  • Lívia Teixeira Ramoniga

    Lívia Teixeira Ramoniga

DOI
10.37885/221010455
Publicado em

01/11/2022

Páginas

549-550

Capítulo

37

Publicado no livro

OPEN SCIENCE RESEARCH VI

Resumo

Introdução: Sabe-se que os acidentes de trânsito são responsáveis por um número elevado de vítimas que necessitam de atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência. Com isso, foi criado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) com o intuito de atender essa demanda. Entretanto, devido ao maior número de carros circulando e crescimento urbano, a abrangência desse serviço se tornou menor do que deveria, prejudicando o atendimento inicial das vítimas. Objetivo: Através de uma análise epidemiológica, o artigo busca descrever o perfil das vítimas dos acidentes automobilísticos e o serviço móvel encaminhado para o atendimento. Metodologia: O estudo foi realizado no estado do Rio Grande do Norte (2016) e incluiu 125 vítimas de acidentes de trânsito, que deram entrada no Pronto Socorro Clóvis Sarinho (PSCS), por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência 192. Refere-se a um estudo exploratório, com pesquisa de dados quantitativa e de característica descritiva. Resultados: A partir das 125 ocorrências analisadas, foi constatado um perfil predominante das vítimas, sendo este do sexo masculino, faixa etária de 28 a 35 anos de idade, grau de escolaridade com Ensino Médio completo, necessidade de atendimento pré-hospitalar, tempo médio para o serviço móvel chegar ao local variando entre 5 a 20 minutos e predomínio de ocorrência nos finais de semana, sendo os membros inferiores e a cintura pélvica as regiões com maior ocorrência de fraturas. Considerações finais: As informações obtidas pelo estudo permitiram a formação de um desenho do perfil epidemiológico das vítimas de acidente de trânsito atendidas pelo SAMU-RN, ressaltando a necessidade de políticas de prevenção mais eficientes, visando, aumento da qualidade de atendimento a esse tipo de ocorrência, assim como, redução de gastos públicos.

Palavras-chave

Trânsito, Ocorrência, Fraturas.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.