ASPECTOS FISIOPATOLÓGICOS DO CÂNCER DE MAMA ASSOCIADO AO ALEITAMENTO MATERNO E A GRAVIDEZ

Code: 230914267
16
0
Título

ASPECTOS FISIOPATOLÓGICOS DO CÂNCER DE MAMA ASSOCIADO AO ALEITAMENTO MATERNO E A GRAVIDEZ

Autores(as):
  • Amanda Vitória Rodrigues Dos Santos

    Santos, Amanda Vitória Rodrigues

  • Emilly Sousa Diniz

    Diniz, Emilly Sousa

  • Bruno Biths Batista

    Batista, Bruno Biths

  • Paulo Tadeu De Almeida Cavalcante Júnior

    Júnior, Paulo Tadeu de Almeida Cavalcante

  • Iascara Leana Mesquita Gonçalves

    Gonçalves, Iascara Leana Mesquita

  • Yugonick Lima Cardoso

    Cardoso, Yugonick Lima

  • Manasha Mohana Kumari De Oliveira

    Oliveira, Manasha Mohana Kumari

  • Ítalo Assunção De Andrade Silva

    Silva, Ítalo Assunção de Andrade

  • Kizzy Montini Ramos Azenha

    Azenha, Kizzy Montini Ramos

  • Francisco Naildo Cardoso Leitão

    Letão, Francisco Naildo Cardoso

DOI
10.37885/230914267
Publicado em

30/10/2023

Páginas

93-103

Capítulo

7

Resumo

Introdução: Ao longo do período de amamentação, as células mamárias sofrem drásticas mudanças, o que pode ser influenciado pelo câncer de mama associado à gravidez (PACB), que é uma das principais neoplasias relacionadas à taxa de mortalidade em mulheres. Nesse sentido, esse câncer provoca inúmeras mudanças no organismo das gestantes e puérperas que devem ser debatidas amplamente, visando diagnóstico precoce para que menores obstáculos significativos sejam relacionados ao aleitamento materno. Objetivo: Descrever os fatores de risco e os aspectos fisiopatológicos do câncer de mama associado à gravidez, bem como analisar as intercorrências que representam um problema de saúde decorrente do PABC. Método: Revisão sistemática sem metanálise pelo Protocolo PRISMA através das bases deliteratura Pubmed, Embase, BVS e Web Of Science, com associação do operador booleano AND nos descritores “lactation”, “breast cancer” e “complications”, além da aplicação dos filtros “Free full text”, “Humans” e “Timeline”. Dessa maneira obteve-se artigos completos dos últimos 5 anos, dentre os quais 11 foram selecionados. Resultados: O PACB está intimamente ligado com o processo gestacional e ao aleitamento materno, pois há uma proliferação excessiva do parênquima mamário e porisso, apesar de ser um câncer raro, está ligado a uma alta incidência de malignidade e a complicações durante a amamentação, como ingurgitamento mamário e infecções agudas das glândulas mamárias, além de prematuridade, hemorragias uterinas e trombocitopenia. Conclusão: Os aspectos patológicos, fisiológicos e psicológicosrelacionados ao PABC impactam no aleitamento materno, seja devido à abordagem no tratamento, que pode resultar na mastectomia completa, ou devido a complicações na amamentação, representando um grave problema de saúde pública.

Palavras-chave

Palavras-chave: breast câncer, complications, lactation.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.