ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ARMAZENAMENTO DE SEMENTES DE PELTOPHORUM DUBIUM (SPRENG.) TAUB. SUBMETIDAS A AÇÃO DE MÉTODOS PARA SUPERTAÇÃO DA DORMÊNCIA

Code: 230513038
Downloads
8
Views
21
Compartilhe
Título

ASPECTOS FISIOLÓGICOS DO ARMAZENAMENTO DE SEMENTES DE PELTOPHORUM DUBIUM (SPRENG.) TAUB. SUBMETIDAS A AÇÃO DE MÉTODOS PARA SUPERTAÇÃO DA DORMÊNCIA

Autores(as):
  • Evelin Maria Müller

  • Jaqueline Malagutti Corsato

  • Ana Luisa Moro Taveira Taveira

  • Andrea Maria Teixeira Fortes

DOI
  • DOI
  • 10.37885/230513038
    Publicado em

    31/05/2023

    Páginas

    160-179

    Capítulo

    9

    Resumo

    O estudo objetivou avaliar a qualidade fisiológica de sementes de Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. durante o armazenamento (tempos de armazenamento), e posteriormente submetidas à tratamentos de superação de dormência, (T1. sem escarificação, T2. escarificação mecânica e T3. escarificação química), por meio das variáveis condutividade elétrica, porcentagem, índice de velocidade, tempo médio, frequência e sincronização da germinação e desenvolvimento inicial das plântulas. A condutividade elétrica não foi correspondente à qualidade fisiológica das sementes. A porcentagem de germinação para os tratamentos durante o armazenamento não variou significativamente e o índice de velocidade de germinação aumentou após 180 dias de armazenamento quando associado aos tratamentos T2 e T3. A frequência da germinação passou a apresentar tendência unimodal para os tratamentos e maior sincronismo, e o desenvolvimento inicial das plântulas foi estimulado. O armazenamento das sementes nas condições em que foi conduzido se demonstrou eficiente em manter a qualidade fisiológica destas, e os tratamentos para superação de dormência aplicados após o armazenamento, refletiram maior eficiência a partir de 180 dias, promovendo o aumento da sincronização, maior velocidade e menor tempo médio de germinação das sementes, proporcionando também estímulo ao desenvolvimento inicial das plântulas.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Câmara fria, Canafístula, Conservação de sementes, Sementes florestais.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH XI

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar