ASPECTOS BOTÂNICOS, FARMACOLÓGICOS E POTENCIAL MEDICINAL DAS PLANTAS MEDICINAIS: PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NO ÂMBITO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

Code: 200700654
24
10
Título

ASPECTOS BOTÂNICOS, FARMACOLÓGICOS E POTENCIAL MEDICINAL DAS PLANTAS MEDICINAIS: PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NO ÂMBITO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

Autores(as):
  • Felipe André Pereira Ramos

    Ramos, Felipe André Pereira

  • Patricia Pistun Taveira

    Taveira, Patricia Pistun

  • Taniara Suelen Mezalira

    Mezalira, Taniara Suelen

  • Paula Montanhini Favetta

    Favetta, Paula Montanhini

  • Joice Karina Otênio

    Otênio, Joice Karina

  • Luciana Kazue Otutumi

    Otutumi, Luciana Kazue

  • Ricardo de Melo Germano

    Germano, Ricardo de Melo

  • Ezilda Jacomassi

    Jacomassi, Ezilda

  • Camila Gabriel Kato Schwartz

    Schwartz, Camila Gabriel Kato

  • Andréia Assunção Soares

    Soares, Andréia Assunção

DOI
10.37885/200700654
Publicado em

19/09/2020

Páginas

196-217

Capítulo

15

Resumo

O Brasil apresenta a maior biodiversidade em plantas com potencial medicinal do mundo, sendo que seu bioma é constituído por aproximadamente 55 mil espécies nativas. O consumo de plantas com a finalidade de promover tratamento, cura ou prevenção de doenças é uma das formas mais antigas da medicina praticada pela humanidade. No entanto, muitas vezes, esta prática é realizada sem os parâmetros científicos que norteiam a eficácia do tratamento. Desta forma, é de suma importância à disseminação de informações a população sobre a correta indicação e forma de uso das plantas com potencial terapêutico, mas principalmente capacitar profissionais de saúde sobre questões etnofarmacológica, etnobotânica e toxicológica, pois em muitos casos são esses profissionais que irão promover essa propagação de informações. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo realizar uma revisão sobre questões botânicas, farmacológicas e potencial medicinal, bem como questões toxicológicas das plantas medicinais processadas e comercializadas por um agricultor da região oeste do estado do Paraná. Dentre as plantas abordadas neste estudo a grande maioria é de interesse do Sistema Único de Saúde. As plantas analisadas nesta revisão, todas apontam grande potencial medicinal no tratamento ou na prevenção de doenças humanas, sendo a validação do processamento, das formas adequadas de preparo e utilização dessas plantas são requisitos essenciais para a prescrição médica como agentes terapêuticos na prevenção e no tratamento de doenças no âmbito do SUS.

Palavras-chave

Atividades biológicas. Botânica. Fitoquímica. RENISUS. SUS.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.