ASMA: INFLAMAÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR EXACERBAÇÃO DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Code: 221010543
Downloads
14
Views
19
Compartilhe
Título

ASMA: INFLAMAÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR EXACERBAÇÃO DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

Autores(as):
  • Lucas Souza De Melo

  • Renata Mesquita Kestering

  • Ramyle Da Silva Souza

  • Paulo Luy Alencar Vieira Mariano

  • Safyra Zampieron Bezerra Da Silva

  • Nathaly Adriely Farias Soares Da Luz

  • Gislaine Do Santos Rodrigues Vieira

  • Vanessa De Andrade Araújo

  • Mariana Bezerra Dos Santos

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221010543
    Publicado em

    16/11/2022

    Páginas

    91-99

    Capítulo

    6

    Resumo

    A asma é uma doença inflamatória crônica que atinge as vias respiratórias, que pode se manifestar em qualquer fase da vida, desde criança até adulta. Caracterizada por um histórico de manifestações clínicas de limitação respiratória, tais como a falta de ar, tosse, aperto no peito e sibilância, principalmente, sendo desencadeadas por diversos fatores como alérgenos, práticas de atividades físicas, inalação de irritantes pulmonares como fumaça, ou até mudanças climáticas. Ademais, fatores biológicos como histórico familiar pré documentado da doença, assim como a história pregressa de outras alergias como dermatite e rinite atópica, podem corroborar para a existência desta doença, ou então para uma maior probabilidade de obtê-la. O diagnóstico da Asma deve ser feito preferencialmente antes do início de qualquer tratamento e se baseia pela documentação de um histórico de sinais e sintomas pré-existentes relacionados a limitação de fluxo aéreo, associado identificação e confirmação da redução de fluxo expiratório por meio de exames funcionais, sendo o principal a ser feito a espirometria. O tratamento de manutenção é deferido conforme a classificação em estágio que este paciente apresenta (entre etapa 1 até etapa 5), podendo seguir 2 trilhas: a preferencial e a alternativa. A primeira utiliza-se o próprio tratamento de manutenção para alívio em caso de crise (corticoide inalatório associado com β2-agonistas de longa duração) e a segunda utiliza como medicação para alívio emergencial, o uso de β2-agonistas de curta duração como o Salbutamol. Em todas as fases de ambas as trilhas, a medicação utilizada e que transforma o curso da doença é o corticoide inalatório.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Asma, Fisiopatologia da asma, Terapêutica da asma.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar