AS BASES NITROGENADAS VOLÁTEIS TOTAIS SÃO CONFIÁVEIS PARA AFERIR O FRESCOR DE PESCADO?

Code: 211006380
68
10
Título

AS BASES NITROGENADAS VOLÁTEIS TOTAIS SÃO CONFIÁVEIS PARA AFERIR O FRESCOR DE PESCADO?

Autores(as):
  • Jonatã Henrique Rezende-de-Souza

    Rezende-de-Souza, Jonatã Henrique

  • Luciana Kimie Savay-da-Silva

    Savay-da-Silva, Luciana Kimie

DOI
10.37885/211006380
Publicado em

31/10/2021

Páginas

40-57

Capítulo

3

Resumo

O pescado é um alimento de fácil deterioração, por conter alta atividade de água, pH próximo da neutralidade e presença de nutrientes que são facilmente utilizados por enzimas e micro-organismos. Inúmeros são os métodos de determinação do frescor em pescado, sendo a determinação das Bases Nitrogenadas Voláteis Totais (BNVT) um parâmetro estabelecido pela legislação brasileira, porém, com várias ressaltas e controvérsias na literatura. Logo, este capítulo traz uma revisão sobre o tema, discutindo aspectos relacionados à formação das aminas biogênicas, os diferentes métodos de quantificação desses compostos e os fatores, intrínsecos e extrínsecos ao pescado, que influenciam nos valores quantificados por esses métodos. As aminas biogênicas são formadas por uma sequência de reações, iniciadas após o abate do animal e intensificadas durante os fenômenos de degradação do pescado, tanto por ações enzimáticas como microbianas. Verificou-se que a quantificação das BNVT é influenciada por fatores como: características inerentes a cada espécie de pescado; região anatômica e tipo de músculo analisados; princípio da técnica analítica escolhida; equipamentos; concentração e tipo de reagentes, além de fatores relacionados ao tempo de armazenamento e controle de temperatura nas etapas de manipulação do pescado. Conclui-se que as BNVT não devem ser consideradas de forma isolada como indicador de frescor, além de ser clara a necessidade de revisão da legislação brasileira vigente para estabelecimento de limites mais adequados desses compostos para comercialização segura do pescado. Por fim, sugere-se o incentivo de estudos que busquem a padronização e validação de métodos analíticos que sejam mais práticos e de baixo custo.

Palavras-chave

Aminas biogênicas, Ciência do pescado, Deterioração do pescado, Controle de qualidade, Métodos analíticos.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.