ANÁLISES MICROBIOLÓGICAS DE BEBIDA FERMENTADA PROBIÓTICA DE SUCO DE BURITI (MAURITIA FLEXUOSA) COM LACTOBACILLUS CASEI DURANTE O ARMAZENAMENTO

Code: 230613280
16
0
Título

ANÁLISES MICROBIOLÓGICAS DE BEBIDA FERMENTADA PROBIÓTICA DE SUCO DE BURITI (MAURITIA FLEXUOSA) COM LACTOBACILLUS CASEI DURANTE O ARMAZENAMENTO

Autores(as):
  • Aroldo Arévalo Pinedo

    Pinedo, Aroldo Arévalo

  • Lohana Mendonça Carolino Carvalho

    Carvalho, LMC

  • Nayara Maria Pereira Da Silva

    Silva, NMP

  • Audirene Amorim Santana Paixão

    Paixão, AAS

  • Fábio Salles De Arévalo

    Arévalo, FS

  • Zilda Doratiotto De Salles Arévalo

    Arévalo, ZDS

DOI
10.37885/230613280
Publicado em

30/07/2023

Páginas

21-28

Capítulo

2

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi analisar microbiologicamente a bebida fermentada probiótica de suco de buriti (Mauritia flexuosa) com Lactobacillus casei durante o armazenamento refrigerado. Foram estudadas 5 formulações de sucos de polpa de buriti variando-se a concentração de polpa (15, 20 e 25 %) e de sacarose (11, 13 e 15 %) e submetidos a fermentação com Lactobacillus casei para obtenção de suco probiótico. A escolha da melhor formulação foi realizada através da análise sensorial para os atributos de sabor, aroma, consistência e impressão global. O suco escolhido pela análise sensorial foi embalado em copos de plástico de polietileno e submetido a estudo da vida-de-prateleira por 28 dias a 4 °C através das análises microbiológicas de contagem de Lactobacillus casei, de bolores e leveduras e de coliformes totais. Na análise sensorial todos os sucos probióticos foram aceitos11 pelos provadores havendo destaque da amostra com 15 % de polpa e 13 % de açúcar. Durante o armazenamento refrigerado por 28 dias a contagem de células viáveis de L. casei no suco apresentou valores maiores que o mínimo de 106 UFC/mL estipulado pela legislação brasileira para ser considerada bebida probiótica e não houve crescimento de bolores e leveduras e de coliformes totais.

Palavras-chave

Buriti, Lactobacillus casei, Probiótico.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.