AMELOGÊNESE IMPERFEITA: BASES GENÉTICAS E PERSPECTIVAS BIOTECNOLÓGICAS

Code: 210906130
33
5
Título

AMELOGÊNESE IMPERFEITA: BASES GENÉTICAS E PERSPECTIVAS BIOTECNOLÓGICAS

Autores(as):
  • Valdemir Pereira de Sousa

    Sousa, Valdemir Pereira de

  • Izadora Silveira Fernandes

    Fernandes, Izadora Silveira

  • Bruno Guimarães Marcarini

    Marcarini, Bruno Guimarães

  • Maria do Carmo de Souza Rodrigues

    Rodrigues, Maria do Carmo de Souza

  • Elizabeth Pimentel Rosetti

    Rosetti, Elizabeth Pimentel

  • Flávia Imbroisi Valle Errera

    Errera, Flávia Imbroisi Valle

DOI
10.37885/210906130
Publicado em

29/12/2021

Páginas

76-95

Capítulo

5

Resumo

A amelogênese imperfeita (AI) representa um grupo de condições de desenvolvimento, de origem genômica, que afeta a estrutura e o aspecto clínico do esmalte de todos ou quase todos os dentes de maneira mais ou menos igual, e que podem estar associadas a alterações morfológicas ou bioquímicas em outras partes do corpo. Pacientes acometidos por AI apresentam aumento da sensibilidade ao calor e frio, redução da aparência estética devido à descoloração dos dentes anteriores e diminuição da função mastigatória. Devido à perda de esmalte, há falta de contatos interproximais e perda de dimensão vertical. Esses pacientes por IA também experimentam dificuldades psicossociais, pois se relacionam com medidas de ansiedade de interação social, medidas de autoimagem e autoestima e medidas de autopercepção de qualidade de vida. Os conhecimentos sobre a AI estão se expandido cada vez mais. Neste sentido, vários genes estão implicados na AI, com padrões de herança autossômica dominante e recessiva, ligada ao sexo, além de formas esporádicas ainda sem herança reconhecida. Nas últimas décadas, observamos uma revolução na área da Genética e da Biotecnologia, que está impulsionando muitos avanços no manejo de inúmeras doenças, incluindo a AI. Esse capítulo tem como objetivo contribuir para atualização sobre as bases genéticas e moleculares subjacentes ao desenvolvimento da AI, bem como sumarizar as principais perspectivas biotecnológicas voltadas para a compreensão dessa anomalia, seus mecanismos moleculares e potenciais ferramentas de diagnóstico, prognóstico e melhoria das abordagens terapêuticas. Neste cenário, apresentamos uma revisão narrativa sobre os aspectos genéticos e biotecnológicos relacionados a AI.

Palavras-chave

Amelogênese, Genética, Biotecnologia.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.