AGREGAÇÃO DE VALOR À NUTRIÇÃO A PARTIR DO USO DE FARINHA DE INSETOS: PEIXES

Code: 210504509
69
16
Título

AGREGAÇÃO DE VALOR À NUTRIÇÃO A PARTIR DO USO DE FARINHA DE INSETOS: PEIXES

Autores(as):
  • Vânia Maria Arantes

    Arantes, Vânia Maria

  • Cristiane Ferreira Prazeres Marchini

    Marchini, Cristiane Ferreira Prazeres

  • Rafael Gustavo Hermes

    Hermes, Rafael Gustavo

  • Regis Kamimura

    Kamimura, Regis

DOI
10.37885/210504509
Publicado em

01/07/2021

Páginas

120-143

Capítulo

9

Resumo

A alimentação é o componente de custo mais elevado na produção da maioria das criações. Na aquicultura, o ingrediente proteico de origem animal que mais onera no preço da ração é a farinha de peixe. Como opção de substituição, as farinhas de insetos já foram aprovadas na Europa para uso na dieta de peixes. No Brasil, foi reconhecida como ingrediente de rações para animais de produção em 2020, como fonte alternativa para suprir proteína, gordura, energia, vitaminas e minerais. As pesquisas concentram-se na mosca Black soldier fly- BSF, Mosca doméstica, Tenebrio molitor, Tenebrio gigante, Barata cinerea e larvas de bicho-da-seda. Não foram relatados efeitos negativos no desempenho, digestibilidade dos nutrientes em animais alimentados com farinha de insetos. Este capítulo discorre sobre as características nutricionais e resultados dos insetos mais utilizados seus subprodutos na alimentação de peixes e camarões em cativeiro.

Palavras-chave

Insetos alimentícios, Nutrição animal, Aquicultura.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.