ADSORÇÃO DO FÁRMACO DICLOFENACO EM SOLUÇÃO AQUOSA POR BIOCARVÃO COM USO DE PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL

Code: 220308339
Downloads
19
Views
10
Compartilhe
Título

ADSORÇÃO DO FÁRMACO DICLOFENACO EM SOLUÇÃO AQUOSA POR BIOCARVÃO COM USO DE PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL

Autores(as):
  • Hellen Cristina Flor Lima-Schillo

  • Helder Lopes Vasconcelos

  • Márcia Regina Simões

  • Douglas Cardoso Dragunski

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220308339
    Publicado em

    31/05/2022

    Páginas

    10-29

    Capítulo

    1

    Resumo

    Os resíduos de fármacos em águas destacam-se devido ao impacto causado no meio ambiente por sua difícil remoção. A adsorção é um método alternativo, de baixo custo e eficiente para remoção de espécies presentes em níveis baixos. O objetivo foi empregar o planejamento experimental para obter as condições ótimas da adsorção do fármaco diclofenaco em solução aquosa por meio do biocarvão de folhas de mandioca bem como avaliar cinética e isoterma de adsorção. Para os ensaios de adsorção, foi empregado o delineamento composto central, utilizando-se três fatores em dois níveis, comtrês repetições no ponto central: pH (5,0; 7,0 e 9,0), massa de biocarvão (25; 50 e 75 mg) e concentração do fármaco (15; 27,5 e 40 mg/L). Após agitação, filtração e leitura em espectrofotômetro UV, foram calculadas a concentração final e a quantidade adsorvida de diclofenaco. O comportamento cinético foi avaliado através dos modelos lineares de pseudo-primeira ordem e pseudo-segunda ordem e a isoterma pelos modelos de Langmuir e Freundlich. As melhores condições de adsorção do fármaco em solução aquosa foram obtidas com menor massa de biocarvão e maior concentração do fármaco. A remoção do diclofenaco pelo biocarvão ocorreu de maneira muito rápida, tendo atingido 99% em 20 minutos, tempo considerado em que o sistema atingiu o equilíbrio químico de adsorção. Os modelos cinético e isotérmico que melhor se ajusturam aos dados experimentais foram pseudo-segunda ordem e Freundlich, respectivamente. O biocarvão apresentou resultados promissores, sendo uma alternativa potencial para remoção de diclofenaco em águas.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Biossorvente, Remoção, Solução aquosa, Delineamento composto central.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar