ACESSO E DIREITO À SAÚDE NA FRONTEIRA ESTUDO EM UM MUNICÍPIO FRONTEIRIÇO DA AMAZÔNIA LEGAL BRASILEIRA: O DIREITO À SAÚDE NA FRONTEIRA

Code: 210404105
Downloads
16
Views
25
Compartilhe
Título

ACESSO E DIREITO À SAÚDE NA FRONTEIRA ESTUDO EM UM MUNICÍPIO FRONTEIRIÇO DA AMAZÔNIA LEGAL BRASILEIRA: O DIREITO À SAÚDE NA FRONTEIRA

Autores(as):
  • Giane Zupellari Santos-Melo

  • Selma Regina de Andrade

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210404105
    Publicado em

    31/07/2021

    Páginas

    30-46

    Capítulo

    2

    Resumo

    No Brasil, o Sistema Único de Saúde garante acesso universal aos serviços de saúde. Este entendimento, não deixa claro qual o posicionamento das políticas públicas, quanto ao acesso e ao direito à saúde para estrangeiros. Objetivo: descrever o acesso e o direito de residentes fronteiriços aos serviços de saúde em um município da tríplice fronteira Brasil, Colômbia e Peru. Método: Estudo de caso único, integrado, qualitativo, realizado entre março e dezembro de 2017, no município de Tabatinga, Amazonas, Brasil. As fontes de evidências foram: dados documentais, entrevistas e observações diretas. Os dados foram organizados com auxilio do software MaxQDA12 e analisados segundo métodos propostos para estudos de caso desta natureza. Resultados: Os dados evidenciaram que o acesso de residentes fronteiriços aos serviços de saúde do município estudado se dá de forma gratuita a todos aqueles que procuram por atendimento, independente de qual lado da fronteira este usuário é morador. Os gestores locais declaram que o direito dos estrangeiros, a este tipo de atendimento, está pautado nos princípios doutrinários do Sistema Único de Saúde, do Brasil. Conclusão: Compreende-se que a universalidade do sistema de saúde brasileiro subsidia a entrada de residentes fronteiriços no Brasil, com o único propósito de buscar atendimento de saúde. No entanto, o Sistema Único de Saúde é direcionado a brasileiros e estrangeiros em situações de emergências e outras excepcionalidades. Assim, o atendimento de saúde a esta população, por vezes, recai sobre a discricionariedade do gestor local.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Acesso aos Serviços de Saúde, Direito à Saúde, Saúde na Fronteira.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar