A PRÁTICA SISTEMÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICA PROMOVE AUTONOMIA NO IDOSO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES: ATIVIDADE DESENVOLVE AUTONOMIA EM IDOSOS

Code: 220107276
9
3
Título

A PRÁTICA SISTEMÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICA PROMOVE AUTONOMIA NO IDOSO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES: ATIVIDADE DESENVOLVE AUTONOMIA EM IDOSOS

Autores(as):
  • André Luiz Marques Gomes

    Gomes, ALM

  • Heloisa Landim Gomes

    GOMES, H. L.

  • Marcia Regina Pacheco

    PACHECO, M. R.

DOI
10.37885/220107276
Publicado em

31/05/2022

Páginas

24-36

Capítulo

2

Resumo

A longevidade, representada pelo aumento da média de vida em todo o mundo, acarreta contrapartida, uma constante preocupação com as consequências naturais que o processo de envelhecimento provoca no corpo. O presente trabalho ao centrar suas análises na relação existente entre atividade física, saúde, autonomia funcional, tem por objetivo avaliar o impacto da prática da atividade física na autonomia funcional de idosos. A metodologia utilizada teve uma abordagem qualitativa e quantitativa. Exploratória e descritiva e de levantamento e como instrumentos de coleta de dados foi utilizado o Protocolo do GDALM, que se constitui em uma bateria de testes físicos que mensura a autonomia. A amostra foi composta por um grupo de 30 praticantes de atividades e por outro de 30 idosos não praticantes. A análise dos resultados foi feita mediante cálculos estatísticos dos dados comparativos dos testes de ambos os grupos. Os resultados apontaram a relevância da prática de atividade física na preservação da autonomia funcional em idoso.

Palavras-chave

Atividade Física, Autonomia Funcional, Envelhecimento.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.