A INTERFACE DA PSICOLOGIA COM A SURDEZ: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Code: 200901187
Downloads
23
Views
17
Compartilhe
Título

A INTERFACE DA PSICOLOGIA COM A SURDEZ: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores(as):
  • Gláucio Silva Camargos

  • Lazslo Antônio Ávila

DOI
  • DOI
  • 10.37885/200901187
    Publicado em

    04/11/2020

    Páginas

    49-66

    Capítulo

    3

    Resumo

    Objetivo: A falta de compreensão sobre as diferenças culturais e linguísticas de pessoas que apresentam a surdez como marca corporal pode ser uma barreira para psicólogos e equipes de pesquisa em saúde que trabalham com essa população. Nesse estudo nosso objetivo é realizar uma revisão em periódicos nacionais e internacionais a fim de caracterizar a atual situação de atendimento psicoterápico para surdos e seu contexto. Métodos: Seguindo a metodologia PRISMA de pesquisa sistemática apresentamos o resultado de uma busca feita em periódicos indexados nas bases de dados SciELO e PUBmed no período de 2006 a 2016. Resultados: Os principais resultados indicam que o conceito socioantropológico de surdez prevalece sobre o modelo médico-clínico, que as temáticas de maior interesse são a linguagem e a língua, o desenvolvimento cognitivo e as relações familiares. Conclusões: A maioria dos estudos encontrados no período de recorte conforma um leque que vai da fusão entre o pensamento e o discurso nos sujeitos surdos e seu resultado cultural em um dos extremos, a uma separação e a segregação de ambos, nas discussões que envolvem a psicoterapia para essa população. É necessário que a equipe que há de receber essa demanda tenha um nível razoável de conhecimento sobre a Libras - Língua Brasileira de Sinais - e sobre a questão cultural e dos surdos.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Surdez; Psicologia; Linguagem

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar