A FERMENTAÇÃO DO LEITE: UMA PROPOSTA DE AULA PRÁTICA DE BIOQUÍMICA NA DISCIPLINA DE BIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO

Code: 210604990
60
6
Título

A FERMENTAÇÃO DO LEITE: UMA PROPOSTA DE AULA PRÁTICA DE BIOQUÍMICA NA DISCIPLINA DE BIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO

Autor(a):
  • Tiago Maretti Gonçalves

    Gonçalves, Tiago Maretti

DOI
10.37885/210604990
Publicado em

01/10/2021

Páginas

24-37

Capítulo

2

Resumo

Na atualidade, as aulas de Biologia têm sido realizadas por meio do ensino híbrido (aulas presenciais e virtuais). A Bioquímica, é uma área da Biologia fascinante, no entanto, é dotada de muitos termos e processos complexos e abstratos que podem desmotivar a aprendizagem dos alunos. Objetivo: Para tornar o ensino cada vez mais cativante e facilitar o processo de ensino-aprendizagem dos alunos, propomos uma aula prática com a temática de fermentação láctica de bactérias dentro da área de Bioquímica no Ensino Médio, utilizando materiais simples e de baixo custo. Resultados: Com a utilização de materiais simples e de baixo custo, a realização da atividade experimental proposta pode permitir despertar um maior interesse dos alunos no que tange ao assunto da fermentação láctica de bactérias, dentro da disciplina de Biologia no ensino médio. Conclusões: O uso de aulas experimentais pode ser de grande impacto pois permite facilitar o processo norteador do ensino e aprendizagem dos alunos, transpondo na prática o que foi aprendido na aula teórica em sala de aula. Além disso, desperta o lado criativo e científico do aluno, potencializando a área de experimentação em ciências.

Palavras-chave

Biologia, Aula prática, Fermentação Láctica.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.