A EDUCAÇÃO HUMANISTA EM PAULO FREIRE: APONTAMENTOS PARA UMA ALFABETIZAÇÃO LIBERTADORA

Code: 230713860
4
0
Título

A EDUCAÇÃO HUMANISTA EM PAULO FREIRE: APONTAMENTOS PARA UMA ALFABETIZAÇÃO LIBERTADORA

Autor(a):
  • Elisabete Ferreira Esteves Campos

    CAMPOS, Elisabete Ferreira Esteves

DOI
10.37885/230713860
Publicado em

01/12/2023

Páginas

8-30

Capítulo

1

Resumo

O objetivo deste ensaio é apresentar os pressupostos político-pedagógicos para uma alfabetização libertadora na infância, com base no pensamento de Paulo Freire. No percurso metodológico, foram realizados estudos e análises críticas da obra do autor, destacando seu caráter humanizador, emancipatório e democrático para fundamentar uma concepção de alfabetização, na qual o desenvolvimento cognitivo, cultural, emocional, ético e político não se dissocia. É preciso que se tenha olhar atento e escuta sensível para as crianças que precisam ser acolhidas e respeitadas em suas fragilidades, potencialidades e formas peculiares de ser e viver a contemporaneidade. Conclui-se que a alfabetização libertadora promove a intensa participação das crianças como sujeitos na produção criativa do conhecimento. A leitura de mundo que, na perspectiva de Freire antecede a leitura da palavra, amplia-se nos processos escolares de leitura e escrita e vai se tornando mais curiosa, promovendo formas variadas de ler, dizer e escrever o mundo em uma concepção de alfabetização libertadora.

Palavras-chave

alfabetização libertadora, educação humanista, Paulo Freire.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.